class main AboutMe { exec(); }
Vou confessar-me sem padre, apenas perante os meus dois visitantes diários (ainda não vos tinha dito que aumentei as visitas para duas visitas diárias?) e dizer toda a verdade! Tenho recebido algumas propostas de trabalho em Freelancer para webdev através deste site (só não me caiem pedidos de namoro e paletes de gajas, só mesmo gajos com problemas por resolver. Só a mim...). Estou por aí a queixar-me, mas até é bom chegar a casa e ver um pedido de informações ou mesmo uma oferta de emprego (aquela conversa na Lan Party Moita é mesmo verdade... Bruno | Adriano). Mas como já disse, adoro o meu Job actual e não estou para mudar para outra coisa a não ser aquele emprego em que receba uma pipa de massa só por estar no meio deles a respirar heheheh. Mas como ninguém me paga pelos meus lindos olhos, tenho de fazer pela vida.
Hoje, neste início de um novo mês venho confessar que recebi há dias uma proposta muito interessante de trabalho em freelancer. No meio da nossa conversa (mas já a puxar para o fim...) o interessado diz:

Tabem, estuda bem isso e depois da me um preço de amigo que eu não tenho muito.. [...]

Vamos la por uma coisa bem clara: Não faço preços de amigo por vários motivos:
  • Não são os meus amigos! (aos meus amigos, mal vejo que precisam mesmo, eu ofereço-me),
  • O preço do amigo, é o preço do trabalho incompetente e da preguiça,
  • Com os amigos como clientes não se vive, porque estamos sempre com meios-preços,
  • Não estamos a falar de uma alface ou de uma camisa da Moda Alfa! It's a website young padawan
  • Sou apologista que todo trabalho merece pagamento; e se me disponho em fazer um trabalho, terá de ficar com qualidade colocando em prática quase 10 anos de conhecimentos no ramo. Não andei a trabalhar, estudar e esfolar-me fora de horas para fazer sites da Maria Cachucha. Não digo que sou o melhor, mas também há que saber avaliar-nos...
  • Um verdadeiro amigo, nunca te pede para te fazer um preço... Porque afinal é o teu amigo (a palavra amigo resume bem o conceito teórico da amizade. E pena nem sempre ser assim na prática.).
Apenas dou um preço que acho justo, pelo trabalho e pela qualidade. Não podemos vender-nos baratos, o bom senso é sem dúvida o melhor partido a tomar. Se o cliente achar um preço demasiado elevado, pode ir a outro gajo fazer o serviço, mas é tal e qual como no barbeiro! Volta sempre ao sítio onde foi bem servido, onde achar que tem o melhor serviço. Por isso não me preocupo com isso.

Já agora, gostaria de desejar a todos os que vão entrar de férias umas excelentes férias! Viva Julho! Yupiiiii
E viva os preços de amigos!

Sem comentário, seja o primeiro! | Publicado por Ruben Alves @ 01/07/08 02:02
Escrever um comentário ao texto: "Preços.de.amigo.pt"
Nome*:
E-mail*:
Página web
(não obrigatório):
"Quanto dá dez mais Catorze"
(Resposta: 20,22 ou 24?)*:
Mensagem*:


  ÚLTIMO MÊS: Agosto 2011

  Sobre.Pessoas.pt (21/08/11)
  Pensamento.dia.em.pleno.Agosto.pt (18/08/11)
  E foi assim que... (18/08/11)
  Julho.em.Imagens.2011 (18/08/11)

  TEXTOS EM ALTA!

  iPhone5 - my predictions.com (07/03/11)
  parvo.que.sou.pt (22/02/11)
  2G,3G,4G e agora 5G! (08/02/11)
  Novo.Projecto:Pedra-alta.com (01/02/11)
  website.updates-status-v1.pt (30/01/11)



FOTOGRAFIA ALEATÓRIA: Unleashed Memories

Unleashed Memories

Ruben... Quem sou? Nascido em Novembro de 1980, Sagitáriano puro e duro com ascendente Aquário. Sou canhoto, adoro arte, computadores, fotografia, redes, programação, design, música. Odeio futebol, bacalhau e injustiça.

Neste momento sou um Jovem de 30 anos, curioso pela vida, curioso por tudo o que mexe, tudo que respira, que faça ruídos. Encanto-me facilmente com uma gota de água a bater no vidro mas não fico impressionado com um Ferrari. Gosto das coisas simples da vida, um olhar, um sorriso, um simples gesto. Adoro amar, como gosto de ser amado. Não troco o meu leitor DVD por uma PlayStation, no entanto trocaria um filme por uma bela fotografia.

Não sou complexo, apenas perplexo... tudo depende do ponto de vista.

[...] Farto de escrever... | pausa II

~~~


No meio de tudo isto, tenho este lugar cibernético. Um recanto pontualmente actualizado, apontado como um blog, mantenho a minha ideia que antes de ter esta pretensão, considero que é antes de mais nada um simples sítio web onde escrevo, descrevo, apresento, coloco perguntas, dúvidas e afirmações. Com os textos, coabitem vários espaços representativos do meu Espaço.

Talvez seja o lugar mais sensato para me conhecer... Ou pelo menos, iniciar-se nesta longa viagem que é o meu Ser...
[...] Farto de escrever..| stop .

Correio.electrónico:
mail AT ruben-alves PONTO com

Telefone:
919.181.***

A minha Página no Twitter.


creative commons